Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

demagogia de bolso

Convencido . Corrompido . Corrosivo .

demagogia de bolso

Convencido . Corrompido . Corrosivo .

Mais um que não tinha de morrer, mas

Acho que culpar o Estado neste caso é injusto. Só vai levar com a culpa porque é o Estado. E essa comparação entre a saúde e a Banca só mostra que há falta de culpados e do que se dizer, culpa-se o Estado. Isso é mesma coisa que um idoso em Vila Velha de Ródão tropeçar na calçada do passeio, porque a esta faltava uma pedrinha no ladrilho, e morrer e vir-se dizer que há milhões para salvar um Banco e não uns euros para a Câmara contratar um calceteiro.

Ou então alguém que tem um acidente porque a estrada está mal alcatroada. Ou alguém que leva com uma árvore em cima porque os homenzinhos da proteção civil não acharam por bem considerá-la um risco. Ou tantos outros "ses".

Admito, o timing foi péssimo, mas o Estado não pode levar com a principal culpa de isto ter acontecido. É que trata-se de um caso isolado e que ocorreu na base da pirâmide que é a máquina estatal no seu todo.

Mas pronto, acaba por ter culpa, quanto mais por se tratar do SNS, e é o Estado o ente competente e responsável.


Só que para mim, os verdadeiros culpados, são os "profissionais" daquele serviço e daquele hospital!


Transcrevo do Público:

"Segundo o centro hospitalar, a prevenção é feita em “regime voluntário” e “existiu indisponibilidade por parte de alguns profissionais para a fazer, o que se deve às alterações dos regimes remuneratórios. Alguns daqueles profissionais rejeitaram os valores actualmente propostos para o pagamento dessas horas de prevenção, o que inviabiliza o indispensável trabalho da equipa”.



Estamos a falar de pessoas que escolhem Medicina para salvar vidas, mas depois, as vidas já não importam se o cheque não for daquele valor. A estes "profissionais" em causa, que pese na consciência a morte deste jovem que morreu porque a dignidade e responsabilidade destes médicos tem um preço de Euros e não de Carácter.