Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

demagogia de bolso

Convencido . Corrompido . Corrosivo .

demagogia de bolso

Convencido . Corrompido . Corrosivo .

Playlist

Mutações genéticas

por oBomIdiota, em 05.09.15

Este fim de semana decidi vir passá-lo ao Porto. Como o meu irmão mais novo foi de Erasmus, o apartamento dele ficou assim como que vazio, e então aproveitei para vir com um colega para cá, para podermos sair no Porto. Dito e feito. Grande noite esta que se passou, mais para o meu colega do que para mim - basta ouvir o seu ressonar com voz de tenor carregadinho de álcool ainda que me chega da sala. E então o que me traz aqui? Apenas um conselho para vos dar. Chegados a casa às tantas e cuja única vontade é deitar-nos numa cama, abraçar uma cama, fazer amor com as almofadas, e por aí fora, se tiverem a cama sem roupa, isto é, apenas um edredão e o colchão, por favor, mesmo por favor, não façam como eu. Não se deiam a preguiça de não colocar no mínimo os lençóis que a vossa santa maezinha vos colocou no saco enquanto nos alerta 327 vezes para fazer a cama assim que chegarmos. Eu posso dizer que dormi assim, sobre o colchão, e é um bom colchão dá para ver, que acordei mesmo relaxado e o caraças. Só tem um problema, imagino eu, que são os ácaros. Esses bichinhos por norma microscópicos, nesta situação não devem ser assim tão microscópicos, e aposto que não o são porque eu optei por dormir diretamente sobre o colchão, e fiz lo conscientemente numa decisão que, ao contrário do meu colega, não estava influenciada por um suposto estado ébrio. Os ácaros desta cama, devem ser mesmo mutantes, ao estilo das tartarugas ninja. Opa, tenho as costas inteiras com um formigueiro, que dá a sensação que nelas está tipo um mapa cheio de caminhos pedestres para Santiago, e os ácaros quais peregrinos andaram a fazer o percurso completo. Juro que não é exagero, esta sensação so pode ser causada por ácaros anormalmente superiores a raça normal. Ou são ácaros atletas de alta competição, ou são de uma estirpe diferente, completamente adultos, e imagino eu, devido ao impacto sentido, que provavelmente até devem ter nome próprio e tudo - já estou a imaginar o Sr. Ácaro Dias da Silva a fazer prospecção do "terreno" ao longo da minha cervical. Uma última hipótese, e que é para a qual me inclino mais, é tratarem-se de ácaros refugiados, que fugiram de um qualquer colchão onde ocorreu um desastre nuclear com efeitos radioativos - que na dimensão dos ácaros, deve resumir-se a alguém que se deita numa cama com uma crise de flatulência -, e que vieram instalar-se aqui. Mas instalar-se mesmo, porque acabei de colocar os óculos e consegui identificar uma espécie de imobiliária na extremidade do colchão. Pois eu sei, tenho uma imaginação muito fértil. E estupida também.

Facebook

1 comentário

Comentar post

Posts recentes

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D