Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

demagogia de bolso

Convencido . Corrompido . Corrosivo .

demagogia de bolso

Convencido . Corrompido . Corrosivo .

Playlist

O Bom Parvo e o Mau Parvo

por oBomIdiota, em 02.06.15

Hoje deu me para o sentimentalismo e para o auto-retrato. 

 

Pese embora toda a educação cristã que me foi imposta desde pequeno, tornei-me, por meu próprio direito, um verdadeiro não crente, aquilo a que chamam ateu, mas que na verdade é um agnóstico. Não creio em irracionalidades, nem em nada que se encontre desprovido de uma razão. Mas, também não importa aqui essa discussão. Adiante.


Falo disto, porque quero recuperar aqui uma dicotomia - para introduzir o assunto do post -, que nos é "dada" pela Bíblia. Que é a parábola do Bom Ladrão e do Mau Ladrão. Como deve ser do conhecimento geral, e resumindo rapidamente o contexto, quando Jesus Cristo foi crucificado encontravam-se de ambos os lados, crucificados também, dois ladrões. Um arrependeu-se e pediu perdão, o Bom Ladrão. E o outro não se arrependeu e morreu em "pecado", o Mau Ladrão.

 

E quero falar disto porquê? Porque todos nós somos compostos por estas duas vertentes. A Bíblia chama-lhe o Bom Ladrão e o Mau Ladrão. O Taoismo chama-lhe o yin e o yang. Há quem diga que são as duas faces da mesma moeda. Etc, etc, etc. A premissa é esta: todos nós somos homens; nenhum homem é perfeito; todos nós não somos perfeitos (ou melhor, todos nós somos imperfeitos). Novidade do caralho não é? Pois, isto é o mais elementar possível.

A sociedade está repleta destes exemplos: temos o bom polícia e o mau polícia; o bom pai e o pai tirano (recuperando aqui o título daquele histórico filme português do António Lopes Ribeiro de 1941); o bom pastor e o mau pastor; o bom amigo e o amigo do alheio/da onça. E por aí fora.

 

Porque é que isto é importante? 

Não é. Mas eu sinto necessidade de falar-vos da distinção entre o Bom Parvo e o Mau Parvo. E antes de mais, deixar bem claro que eu me incluo perfeitamente nesta categoria.

 

Citando exemplos de um Mau Parvo:

- O comandante do posto da GNR de Avintes. Este idiota, processou um dos seus guardas, porque quando entrou no posto, este se encontrava com o seu filho ao colo (uma vez que se encontrava em horário flexivel e não tinha onde deixá-lo) e não o cumprimentou com a devida continência. Só por isto. A pequenez e a ignorância deste sujeito só demonstram o quão (mau) parvo ele é. Para não lhe chamar um grandessíssimo filho da puta.

- Princípe Carlos de Inglaterra. Um exemplo de um Mau Parvo Real. Então o homenzinho tá chateado por ter virado corno é? Meu amigo, o karma é fodido. Primeiro encornaste agora és encornado. Humilhação? Humilhação é ter fome e não ter que comer.

- Bruno de Carvalho. Este é sempre um Mau Parvo, independentemente do que faça.

 

 

Quanto ao Bom Parvo, é fácil de ver quem são (somos). Estão (estamos) presentes em todo o lado a toda a hora. No amigo que nos rebaixa e se rebaixa para nos fazer rir. No pai que se magoa para fazer o filho(a) bebé rir. Nos apaixonados que se prestam a fazer as coisas mais ridículas possíveis para despertar o interesse da rapariga dos sonhos deles. Há Bons Parvos em todos nós a toda a hora.

 

O pior é distinguir.

Como me disse a pessoa que me explicou a distinção entre o Bom e o Mau parvo:

 

- Tu és parvo!

 

E não é que acertou?

Facebook

Posts recentes

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D