Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

demagogia de bolso

Convencido . Corrompido . Corrosivo .

demagogia de bolso

Convencido . Corrompido . Corrosivo .

Orçamento de Estado: Crónica de um bom padrasto

estando na iminência de me tornar mais um profissional liberal deste país, faltando apenas o resultado do exame de acesso à ordem dos advogados para cair o sufixo do "estagiário" na minha condição profissional, não posso deixar de me sentir animado com a medida anunciada e avançada pelos media acerca da duplicação do limite de isenção de iva para trabalhadores por conta própria.

 

assim, encaremos a ordem dos advogados como o nosso pai, um mau pai, um pai violento que nos enche de porrada sem termos feito nada. e entenda-se essa porrada como as alterações do estatuto da ordem dos advogados feitas no final de 2015, alterações essas que fazem de mim e dos meus colegas (curso de 2015) pioneiros na vinculação a essas regras. estágio mais curto, menos preparação, uma maior (para não dizer completa) restrição às nossas competências enquanto estagiários, a mesma precariedade, um lobby cada vez mais acentuado em benefício das grandes sociedades, a abolição da isenção de cpas nos primeiros dois anos de exercício e o próprio aumento da contribuição mensal para o cpas que tem um sistema aritmético de contribuição que aumenta não em função dos rendimentos reais mas em métodos indiciários baseados em anos de exercício*.

 

*o ridículo desta situação apura-se neste exemplo: dois colegas, um torna-se advogado em janeiro e o outro torna-se advogado em dezembro do mesmo ano civil, ambos encontram-se no mesmo escalão de cpas e pagam mensalmente o mesmo valor, mas o que é que sucede? chegando a janeiro do próximo ano os dois passam automaticamente para o próximo escalão do cpas. conseguem perceber o ridículo disto não conseguem?

 

no entanto, no meio disto tudo aparece o governo como um bom padrasto e mesmo não me revendo nas orientações partidárias deste governo, só me resta agradecer se esta medida entrar em vigor.

 

agradecer pelo estado se ter lembrado daqueles que estão a começar a aprender a caminhar num mundo em que o piso é tartan e o passo normal é à velocidade de sprints de cem metros.