Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

demagogia de bolso

Convencido . Corrompido . Corrosivo .

demagogia de bolso

Convencido . Corrompido . Corrosivo .

Susceptibilidades #1

"Tu. Sim, tu. Tu que estás "desse" lado. Tu que me dás tudo o que eu quero sem eu te pedir nada e, depois, quando preciso de ti, tiras-me o tapete e vais-te embora.. Não sejas assim, sabes muito bem que estou a falar para ti. Vens em pezinhos de lã, sem fazer barulho, nem dar caso ao ocaso. Quem pensas que és? Chegas e vais? Regressas e partes? E eu? E os meus sentimentos? Não venhas com conversas de que sou eu que não te largo. Que te sufoco. Que estou 24 sobre 24 horas "ligado" a ti. Isso não é verdade, sabes que não é. Eu sou independente, não preciso de ti. Mas também não vou negar que me sinto muito melhor se te tiver comigo, e claro que gostava que tivesses sempre disponível para mim. Porque é que vais embora? Porque é que tem de acabar? Não! Não sou eu que te uso! Até me ofendes! Eu é que me sinto usado por ti. Vens todos os meses com a conversa do costume, que vais ficar comigo sempre, desde que eu faça cuidado para não te deixar esgotado. Isso é algo que se diz a quem te sustenta? A quem te paga as contas? Não achas que merecia mais respeito? Pois, não queres saber não é. Vens todos os meses, com a "música" do costume, e eu acabo sempre por me derreter e deixar-me levar na cantiga, e depois, quando me encontro mais vulnerável, fora do meu habitat, fora do meu lar, tu abandonas-me e deixas-me na mão à mercê da "escuridão" e do desconhecido. Vá lá, faz um esforço por mim. Eu prometo que também me vou controlar e tentar não ser tão possessivo. Vais ver que, para o mês que vem, tudo vai ser diferente entre nós. Prometo que vai durar! Que a nossa relação vai durar! Fico à tua espera..."

 

- Odeio tanto quando me acabam os dados móveis. Foda-se!